top of page

Aparelho ortodôntico: por que os dentes entortam após usar?

Tantas e tantas pessoas chegam na consulta com questões assim: doutora, usei aparelho ortodôntico por anos e meus dentes voltaram a entortar, o que eu faço?

Qualquer que seja a idade eu ouço ‘para mim não resulta’. Foram anos de aparelho ortodôntico gastos para estes resultados: queixas na articulação, dentes tortos, gengiva doente, enxaqueca, bruxismo (ranger/apertar os dentes), alterações de postura e alterações de sono. 

E como se explica? Terá explicação? Estavam lindos superdireitos e zás! A contenção é fundamental mas será para toda a vida? O que faz a mudança de posição dos dentes? Quais os tratamentos que existem?

Tipos de tratamentos

Os tratamentos clássicos e mais conhecidos são os tratamentos ortodônticos. Entretanto, existem também os tratamentos de ortopedia funcional dos maxilares. Nada como a conjugação adequada para o melhor resultado de sempre. Cada paciente, cada diagnóstico são únicos e merecem o melhor cuidado. 

A ortodontia corrige a posição dos dentes nas arcadas dentárias e assume-se o tratamento após a erupção dos dentes definitivos. Embora existam abordagens mais precoces os fundamentos técnicos são os mesmos e contam com aparelhos ortodônticos fixos ou removíveis, extra e intra-orais. Com a ajuda da cirurgia ortognática, da extração de dentes (apenas quando necessário) a correção dentária é feita.

A ortopedia funcional dos maxilares tem uma abordagem tão diferente nos fundamentos como nas possibilidades de tratamento, baseada na reabilitação neuro-oclusal tem a possibilidade de tratamento precoce ainda na dentição de leite. Permite remodelar as arcadas dentárias e desta forma recuperar o espaço em falta para os dentes definitivos. 

Mas por qual motivo os dentes voltam a entortar após o tratamento com aparelho ortodôntico?

Quando existem problemas na boca, deve ser avaliado não só o motivo da consulta mas também a causa. 

Eu parto sempre da premissa que os lábios são os melhores alinhadores dentários e a língua o melhor expansor natural da boca. Quando não respeitamos as forças musculares, ou não compreendemos totalmente as funções corremos o risco de perder parte do tratamento. As forças dos músculos durante a respiração, alimentação e alguns hábitos diários irão transmitir forças ligeiras que a pouco e pouco vão moldando os ossos e alterando a posição dos dentes.

A função cria o órgão. Portanto, devemos orientar as funções para melhorar o sorriso. Parece estranho, difícil ou inútil. No entanto, os resultados são fabulosos e permitem atingir tratamentos maravilhosos. Quando o médico dentista, opta pela ortopedia funcional dos maxilares irá também promover a boa relação entre os maxilares e o corpo, a postura é avaliada e corrigida, a fala é avaliada e algumas parafunções melhoradas, a respiração oral diminui e como consequência a qualidade do sono melhora. 

Como funciona esse formato para a correção dentária?

Assim, o tratamento de correção dentária deve ser feito e a avaliação multidisciplinar é fundamental. Portanto, na linha da frente além do médico dentista, a terapeuta da fala (fonoaudiologia) e a fisioterapia/Osteopatia são fundamentais. Ainda que a avaliação pelos médicos de cada doença ou problema seja fundamental. 

Como exemplo, um paciente respirador oral, sem fazer tratamento com o otorrino torna o tratamento dentário mais complicado e mais longo. 

Quer saber se és um respirador oral?

5 Sinais de que você respira pela boca

1. Agora mesmo, estava a respirar pelo nariz?

2. Acorda com a boca seca?

3. Come rápido? Evita alimentos de difícil mastigação?

4. Sente a língua pressionar os dentes? A falar? A comer? A dormir?

5. Tem enxaqueca? Pressão nos ouvidos? Dor nos maxilares?

Estamos aqui para vos ajudar. 

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page