top of page

Descongestionar o nariz

O nariz é a parte externa do sistema respiratório dos humanos, é o órgão do olfato e a principal via de passagem do fluxo de ar para dentro e para fora dos pulmões. E também adiciona ressonância à voz humana.

O nariz é o Órgão da respiração, então apenas os humanos por compensação e adaptação respiram pela boca. Portanto, este erro/esforço de sobrevivência acarreta défice de oxigenação, baixa de imunidade, alterações esqueléticas da face, patologias respiratórias do sono entre muitas outras situações.

A Respiração é a função fisiológica mais importante, conseguimos passar horas sem comer ou beber mas pouco tempo sem respirar já irá provocar lesões celulares/neurológicas irreversíveis.

O sistema respiratório é tão sensível que o mínimo obstáculo que dificulte o fluxo do ar pelas vias aéreas superiores provoca um enorme desconforto. Nesse momento para proteção iniciamos a respiração oral.

A obstrução do nariz pode ser provocada por:

Leia também: Respirar assim está bem? Respiração Nasal e Oral

Processos infecciosos virais ou bacterianos, por distúrbios estruturais, por exemplo, o desvio do septo, a presença de pólipos ou tumores no nariz, mas também pela ‘simples’ predominância de ventilação oral. 

O congestionamento nasal acontece devido ao edema dos tecidos internos do nariz (quando os vasos sanguíneos do mesmo ficam inflamados).

Este sintoma associado ao aumento de muco, ainda dificulta mais a respiração.

A causa pode ser imputada a gripes, resfriados, sinusite ou alergias respiratórias no entanto a continuação da ventilação predominantemente oral permite as alergias e todos os ataques externos.

Não me parece importante o motivo, ficar com o nariz entupido, certamente, é desagradável. E, mais desagradável ainda é não conseguir desentupir. Sabendo que vai provocar cansaço, sonolência, perda de olfacto e paladar, além de ficar com o nariz a escorrer ou falar de forma anasalada.

A abordagem Médica passa por fármacos e cirurgias, porém o cuidado que podemos e devemos ter evitam muitas dores e dissabores.

Na minha experiência clínica (quase 20 anos) e na minha experiência de Mãe (quase 15 anos) aprendi o que considero a forma ideal de desentupir e lavar narizes.

À técnica do Dr. Buteyko associei outras técnicas e nunca mais tive narizes obstruídos à minha volta.

1. Realizar uma suave massagem com o dedo de forma circular.

Idealmente nos pontos de acupuntura. Portanto, proponho da parte de cima do nariz para a base, entre as sobrancelhas, nas pregas das asas do nariz e o ponto entre o lábio e o nariz.

2. Aqueça a ponta do nariz.

Isso pode ser feito com as mãos ou um pano quente.

3. Inspirar. Expirar. Sempre a forçar a permeabilidade nasal.

Manter a boca bem fechada. Tamponar o nariz com os dedos. Abanar a cabeça 3 vezes mantendo o tórax e o pescoço imóveis.

4. Lavar o nariz com soro fisiológico ou água com sal.

Sem forçar e com temperatura morna (semelhante à temperatura corporal), deixe a água/soro fluir sem assoar o nariz.

5. Pressionar o céu da boca com a língua.

O calor fará com que o muco se torne mais líquido e os exercícios permitem descolar as secreções que estão bloqueadas na parte posterior do nariz. Assim, a pressão da língua ajuda também a descolar as secreções.

Após aplicar a técnica faça um esforço consciente para não abrir a boca e não regredir a obstrução nasal.

Experimente este método.

Caso tenha dúvidas não hesite em falar connosco.

Se já colocou alguns desses truques em prática comente aqui e deixe a sua opinião.

Por fim, não se esqueça respire lenta e suavemente apenas pelo nariz.

2 visualizações0 comentário
bottom of page