top of page

Eu, meus dentes e postura

Este artigo é diferente. É sempre assim, eu explico o que aprendi, partilho o que eu vi, sempre distante ou como profissional de saúde. Entretanto, hoje eu decidi falar de mim, dos meus dentes e da minha postura.

Minha história com meus dentes e postura

Como todas as histórias, nós falamos de antigamente. Eu tinha 6 anos de idade quando a dentista nos disse que eu precisava de aparelho nos dentes. Na década de 80, em Portugal, pareceu estranho e inadequado, uma criança tão pequena, como eu, ter de ‘endireitar’ os dentes. Correu lindamente, até porque eu já tinha usado dispositivos para correção da posição dos joelhos, além de botas ortopédicas para o pé plano. Enfim, eu posso dizer que foi uma adaptação perfeita até porque nada doeu ou doía.

Cá eu estou hoje, dentes lindos, postura quase perfeita… no entanto, algumas dores articulares que necessitam de reforço muscular.

Entre o meu trabalho e ser mãe, alguns percalços acontecem: a postura de trabalho, as brincadeiras com as crianças e a falta de reforço ou apoio muscular, os desequilíbrios acontecem e com o passar do tempo passam a doer ou limitar os nossos movimentos. Sabem quando as crianças se atiram sobre nós e o ombro, a cabeça ou o que for acerta em pleno a nossa cabeça?

Já aconteceu de tudo conmigo e de tudo eu vejo na consulta: acidente de viação com choque frontal, ‘a cabeça de criança bateu na minha face’, ‘mastiguei durante uma época apenas de um dos lados’, trabalho inclinada para o lado esquerdo, uso o lado direito sempre para força e destreza. A preferência de lados de trabalho, os embates, os hábitos diários alteram o equilíbrio das forças musculares e os esforço dos ossos e dentes.

A decisão de resolver o problema

Sabem o que decidi?

Como devo ter algum cuidado nos períodos de maior fadiga em que sinto maior compressão dos músculos do pescoço e da face, construí para mim um aparelho ortopédico funcional que uso para dormir e durante o dia quando trabalho em casa. As pistas indiretas são ideais para promover a postura correta, além de relaxarem os músculos da face e pescoço. Com este aparelho que eu construí é possível reduzir o zumbido nos ouvidos, as dores do bruxismo/apertamento e porque também corrige a posição dos dentes. Assim, sabemos que os dentes terão a