top of page

Tosse irritativa, conheces?



Sabes aquele momento que começas com uma tosse irritativa e a garganta arranja e o desespero acontece e sentes mesmo a incapacidade de parar. Sabes quando acontece? A tosse seca e persistente, normalmente piora durante a noite, pode ter diversas causas, no entanto, é normalmente uma reação alérgica. Neste caso, o melhor a fazer é combater a alergia, já sabemos. O ideal é identificar o que está a provocar a alergia, evitar ficar exposto à substância em causa, evitar que a tosse volte a aparecer. Sabes como? Respirando apenas pelo nariz. Dessa forma sabes com toda a certeza que o agressor não atinge a garganta. A tosse é um reflexo das vias respiratórias para libertar a passagem do ar. Todo o tecido das vias respiratórias têm receptores da tosse, responsáveis por detectar qualquer agressor mecânico ou químico, que entre para a garganta. A tosse irritativa é, portanto, um mecanismo de defesa contra obstruções das vias aéreas, o ar preso, pode alcançar velocidades acima de 200 km/h, expelindo qualquer potencial obstrução à circulação do ar. Existem diversos tipos de tosse, hoje vamos falar apenas da tosse irritativa/seca e persistente. Quando a tosse é mais prolongada, nem sempre o diagnóstico é tão simples. Entretanto, a maior parte das queixas de tosse persistente ocorrem após quadros de virose ou infecção das vias respiratórias. Muitas vezes os sintomas respiratórios e a febre já desapareceram há vários dias, mas o paciente mantém a sua tosse. Esse fato ocorre porque as vias respiratórias ainda permanecem irritadas. Em paciente muitos ansiosos ou depressivos, um quadro de tosse pode ser causado por períodos de estresse emocional, associada à desidratação das mucosas que estes pacientes sofrem, devido aos fármacos e à Hiperventilação oral. Outras causas comum de tosse prolongada são a sinusite crônica e o refluxo gastroesofágico. Na sinusite a tosse costuma ser causada pelo gotejar de secreções que desce das fossas e seios nasais em direção à garganta, quase imperceptível. No refluxo gastro-esofágico a tosse acontece devido à agressão química que os ácidos do estômago sobre as mucosas, aqui também se assiste à agressão dos dentes e gengivas. Tratá-la é importante, porém ainda mais importante é conhecer a sua causa, por ser um mecanismo de defesa das vias aéreas. A tosse é um sintoma e não uma doença. Talvez nenhum outro sintoma tenha tantas receitas caseiras e tipos de xarope como a tosse. Se as vias aéreas estão cheias de secreções, a tosse é o mais importante mecanismo para limpá-las; inibir a tosse nestes casos só irá causar acúmulo de secreções no pulmão, o que obviamente não é uma boa ideia. Para controlar a tosse o Dr. Buteyko ensina a tossir de boca fechada. E realmente é genial está técnica por diversos factores, não entram mais agressores, não desidrata ainda mais a mucosa e basta tossir 3 vezes, de boca fechada, para se sentir melhor. De todos os tratamentos que encontrei pela internet alerto novamente para os fármacos que impedem a tosse, por agravarem a doença/a causa desse sintoma. Descubra também como descongestionar o nariz clicando aqui! Eu proponho sempre a ingestão de muita água, tépida ou quente, sem açúcares adicionados de forma a ter as vias aéreas hidratadas, diminuir a irritação dos tecidos e deixar o muco mais líquido, facilitando sua expectoração. E a lavagem nasal, com soro fisiológico ou solução salina tépida, é fundamental para lavar a área posterior da garganta por onde fluem as secreções. A tosse tem causas variadas, como infeção respiratória, alergia ou asma, doença pulmonar obstrutiva crónica ou refluxo gastroesofágico. A tosse pode ser também provocada por insuficiência cardíaca. Por norma, a tosse agrava-se à noite, principalmente quando se deita. Até porque a maioria das pessoas dorme com a boca semi-aberta, permitindo a entrada de ácaros ou outros agentes agressores. Além de sabermos que a ventilação predominantemente oral promove a produção de muco e abstração nasal. Se a tosse continuar por mais de 1 semana, se piorar ou se for acompanhada de outros sinais como secreções espessas, presença de sangue, febre ou dificuldade para respirar é muito importante ir ao hospital ou consultar um médico para identificar a causa e iniciar o tratamento mais adequado. 4 estratégias para terminar com a tosse noturna 1. Hidratar a garganta com água morna 2. Lavar bem o nariz para manter as vias aéreas limpas 3. Arejar o quarto antes de dormir 4. Manter o quarto bem limpo Estas estratégias são fáceis e muito eficazes. Proponho-te esta experiência. Depois quero muito saber o teu testemunho no controlo da tosse.

46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page